Music , Creative Learning & Healing

Do silêncio
à velocidade da luz
prestes a sangrar, o meu sentir
além do tempo, assim se traduz

Todas as despedidas
foram na hora marcada
em certas linhas de partida
e perfeitas linhas de chegada.

Todos os finais
foram uma boa e bela morte
necessária e visceral
para re-encontrar o Norte.

Os caminhos encontram-se
Os caminhos separam-se
O amor fica
e as feridas saram-se.

Quem parte
abre o espaço de quem fica
Ninguém pode saber ao certo
a cada momento o que cada alma precisa.

Até nós mesmos precisamos morrer
para quem fomos e quem pensamos ser
para errarmos
e nos re-encontrarmos no desconhecido,
escrevendo um novo capítulo,
confiando no não-saber.

Related Post

Leave a Comments